Minha viagem ao Maine

Visitar o Maine era uma vontade da minha irmã e acabamos achando uma passagem aérea com preço razoável e um ótimo Airbnb, bem baratinho. Não tive dúvida e compramos as passagens!

A viagem começou com um voo atrasado, que deveria sair do JFK as 11:37pm de uma sexta-feira mas saiu com 2h de atraso.

Chegando em Portland não foi difícil conseguir um Uber, mas chegamos realmente muito tarde e para a nossa surpresa nossa anfitriã do Airbnb estava nos esperando (nos avisamos sobre o voo atrasado) e foi bem gentil.

Bom como não tinha muito o que fazer, tomamos banho e fomos dormir.

No outro dia tínhamos em mente sair para conhecer a cidade, almoçar lagosta em algum lugar e conhecer pelo menos um dos faróis da cidade.

Foi o que fizemos! Acordamos não muito cedo, e como estávamos perto peguei um café em um lugar chamado Tandem Coffee and bakery, que tinha umas tortas com cara de deliciosas, mas fiquei só no café, dai fomos andando até Downtown para conhecer a região.

(Fotos retiradas do Google)

Almoçamos num lugar chamado Portland Lobster and Co. que estava uma delícia.

Após o almoço demos um volta para apreciar a paisagem e as atrações locais. O restaurante e bem perto da água por isso é tudo muito bonito e tem um clima bem gostoso.

Bem perto do restaurante está localizado uma parte do muro de Berlin, que após ser derrubado, os pedaços foram mandados para vários lugares a título de lembrança!

Após essas paradas precisávamos de um docinho de sobremesa, então paramos no donuts mais famoso da cidade o The Holy Donuts. E preciso dizer que é realmente muito gostoso!

Após o Donuts voltamos a andar pela Comercial St e encontramos então um contêiner que alugava bikes, foi aí que decidimos alugar uma bike (pasmem! Eu tive essa coragem) e ir pedalando até os faróis que gostaríamos de conhecer. Minha evolução foi tanta que atravessei até a ponte que liga downtown à South Portland. E valeu a pena cada segundo pois foi o passeio mais incrível que fiz. (Muita adrenalina rsrs)

Seguimos usando google maps e conseguimos ir até o farol Bud Light, mas não deu tempo de ir até a Fort Williams park nesse dia, pois tínhamos que voltar para devolver as bicicletas a tempo.

Ao voltarmos, fomos para casa tomar um banho e voltamos pra Downtown para jantar no J’s Oyster pois ouvimos dizer que a comida era boa. E era!

(Fotos retiradas do Google)

Me lembro das pessoas serem muito solicitas por la e de termos recebido varias recomendações dos motoristas de Lift.

Inclusive as corridas dos apps, como Lift e Uber, são absurdamente mais baratas em Portland do que são em NYC

No segundo dia tivemos que fazer o check out no Airbnb em que estávamos hospedas às 10:00am então pedimos novamente um Lift, pois estávamos com uma pequena mala, e fomos tomar um brunch em um dos restaurantes, sugeridos por nosso motorista do Lift, no bairro East End, chamado The Frint Room. Realmente a comida estava boa e tinha fila para entrar por isso comemos no bar mesmo.

(Fotos retiradas do Google)

Depois do brunch saímos andando para aproveitar a bela vista pro mar naquele ponto mais alto da cidade e também a vista das belíssimas casas dessa região, que diga-se de passagem devem ser bem caras.

A partir desse breve passeio, pedimos um novo lift (lembrando: estávamos com malas e o lift é muito mais barato que NY), pois queríamos muito conhecer o Fort Williams Park, onde tem uma lighthouse bem bonitinha.

PS.: é um pouco longe por isso é um pouco mais difícil pedir outro lift ou Uber pra embora, por isso tenham paciência ou um cartão dos táxis locais para poder ligar.

Ps2: Nesse fort tem um senhor que vende desenhos maravilhosos das paisagens do local. Comprei um por 12 dólares para ter uma recordação em meu quarto, pois o lugar e o trabalho dele são realmente lindos.

E assim terminou nossa viagem, voltamos para cidade para jantar (num restaurante que vimos em um blog, mas a pesar da comida ser muito gostosa era cara e vinha muito pouco, nem me lembro mais o nome, pois me frustrei) e depois partimos rumo ao aeroporto, onde descobrimos que nosso voo atrasaria novamente.

No aeroporto eles são bem rigorosos por que, se não engano, acho que maconha é liberada por lá, mas você não pode levar embora. Pediram para olhar varias coisas na minha bolsa e testaram pra drogas.

Espero que tenham gostado. Qualquer dúvida entrem em contato! 😉

Abaixo mais algumas fotos da cidade:

PS.: Essa foto acima é de um casamento que estava acontecendo lá no park do Bud Light Lighthouse

Ps.: Nessa praia acima tem várias churrasqueiras onde você pode trazer a galera e vir passar o dia fazendo churrasco. É bem legal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s